sábado, maio 13, 2017

Bando destrói banco com seis explosões e fura pneus de sete viaturas.

Pelo menos 12 homens com armas de grosso calibre, uma caminhonete S10 e motos explodiram a agência do Banco do Brasil de Bonito de Santa Fé, a 493 km de João Pessoa, na madrugada deste sábado (13). A Polícia Militar local informou que os bandidos usaram bombas e fizeram pelo menos seis explosões que destruíram o banco e acabaram o sossego dos moradores, mas ninguém ficou ferido. A polícia ainda apura se eles conseguiram roubar o dinheiro. Os bandidos fugiram atirando para o alto e espalhando grampos nas estradas, o que estourou o pneu de sete viaturas da Polícia Militar. Segundo a PM, borracheiros da cidade se mobilizaram para o conserto dos pneus. Os criminosos fugiram e as polícias Civil e Militar seguem trabalhando para tentar chegar a algum suspeito. Ainda conforme a PM, moradores vão depender apenas de um terminal do Bradesco na cidade, já que a agência do BB era a principal. Quem precisar de atendimento bancário, deve se dirigir na Cajazeiras, que fica a mesma região, já que outras cidades próximas também estão sem banco por conta de ataques. De acordo com o Sindicato dos Bancários da Paraíba, já são 24 ações criminosas contra bancos no estado este ano, sendo 13 explosões, dois assaltos, sete arrombamentos e duas tentativas de crime.
------------------------------------------------------
Paraibano integra ‘bancada dos investigados’; 13 deputados respondem a 100 acusações no STF ... O deputado federal Veneziano Vital do Rêgo (PMDB) é apontado em reportagem do site Congresso em Foco como um dos 13 deputados federais responsáveis por 100 inquéritos e ações penais no Supremo Tribunal Federal (STF). Ele ocupa a terceira colocação entre os mais enrolados na mais alta corte do país por responder a dez procedimentos. A reportagem destaca que uma única ação penal está suspensa. “Dos nove inquéritos, quatro investigam a prática de crimes de responsabilidade. Ele também é investigado por peculato, lavagem de dinheiro e corrupção”, diz o texto. Ao Congresso em Foco, Veneziano afirmou que os inquéritos são referentes à época em que ele foi prefeito de Campina Grande (PB), entre 2005 e 2012. “Dos 28 processos abertos no âmbito do STF (desde sua posse na Câmara, em fevereiro de 2015), 19 foram arquivados após extensas investigações realizadas pelas autoridades competentes, sem a comprovação, sequer indiciária, de minha participação na prática de qualquer ato lesivo ou ilícito durante minhas gestões. Tenho plena convicção de que os nove inquéritos remanescentes, serão arquivados pela mesma motivação”, afirmou o peemedebista, irmão do ministro Vital do Rêgo Filho, do Tribunal de Contas da União (TCU).
-----------------------------------------------------
OPERAÇÃO GABARITO: Irmã de agente de trânsito atropelado em blitz é suspeita de liderar fraudes em concursos... Na manhã desta sexta-feira (12), a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF), deflagrou a segunda fase da Operação Gabarito. Seis pessoas já foram presas. Dentre os presos, está a irmã do agente de trânsito, Diogo Nascimento, morto no trânsito em João Pessoa. Ela é suspeita de ser uma das líderes da organização criminosa. Também foram presos, uma estudante de medicina, um policial, um fiscal de obras da Prefeitura de Santa Rita e um funcionário do Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba (Detran). Outro funcionário do Detran segue foragido. Todos são suspeitos de participar da organização que já atuou em pelo menos 60 concursos no Nordeste. A organização criminosa atuava nos estados da Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas, Pernambuco, Piauí, Maranhão e outros estados. Entre os concursos, estão certames em andamento, já iniciados e outros ainda a serem autorizados.
--------------------------------------------------------
Folha de comissionados e prestadores cresceu mais de 121% com Ricardo no governo... O anúncio foi feito no Boletim Fisco em Dia, distribuído hoje à imprensa, mostrando um detalhamento da folha 2015 de comissionados, temporários, prestadores de serviço, estagiários, codificados e outros não efetivos. Comparada ao primeiro ano do atual governo (2011), o crescimento foi de exatos 121,55%. “No ano de 2012, comparado ao ano de 2011, o crescimento da folha dos não efetivos foi de R$ 64,6 milhões (22,70%). Com a inclusão dos servidores codificados a partir do ano de 2013, o crescimento da folha dos não efetivos no ano de 2015, em comparação ao ano de 2011, foi de R$ 345 milhões (121,55%)”, revela o Sindifisco, acrescentando:Incremento da receita de 2011 a 2016 O Sindifisco informa também que a arrecadação de janeiro de 2011 a dezembro de 2016 das receitas próprias do Estado da Paraíba (ICMS, IPVA, ITCD e Taxas) aumentou 95,09%. Apenas nos quatro primeiros meses de 2017 (jan-abr), o Estado teve uma arrecadação superior a R$ 1,8 bilhão, R$ 982 milhões (115,3%) a mais do que se arrecadou no mesmo período de 2010. “Em 2016, as transferências federais acumuladas (FPE, Cide, Fex, Fundeb, IOF-Ouro, IPI-Exportação, Lei Kandir e Royalties) ultrapassaram a cifra de R$ 4,3 bilhões, um crescimento de 70,06%, comparado ao ano de 2010. Apenas nos quatro primeiros meses de 2017 (jan-abr) as transferências constitucionais ao Estado da Paraíba ultrapassaram a cifra de R$ 1,4 bilhão, um incremento de R$ 657 milhões (78,98%) a mais do que no mesmo período de 2010”, relata o Fisco em Dia, arrematando: