terça-feira, 30 de junho de 2015

Partidos já articulam nomes para disputar prefeituras no vale do Paraíba.

Os partidos políticos já estão discutindo nomes para pré-candidaturas a prefeito nos municípios paraibanos. Até outubro termina o prazo para os partidos filiarem pretensos candidatos, e as legendas estão buscando atrair lideranças com capacidade de aglutinar votos. Entre os mais cotados, figuram prefeitos, ex-prefeitos, vices, vereadores e ex-deputados. Em Juripiranga, no vale do Paraíba, os nomes que figuram para o próximo pleito são os do atual prefeito, Paulo Dália (PSD) e a oposição representada pelo ex-prefeito Antonio Maroja (PSDB). Ressalte-se que o prefeito Dália é cria política de Maroja, com quem rompeu no início de sua gestão. Em São José dos Ramos, a oposição será representada pela ex-prefeita Cida Amorim, que baterá chapa com o atual prefeito e pretenso candidato à reeleição. Na cidade de Itabaiana, o médico Lúcio Flávio (PMN) tenta viabilizar seu nome nos grupos oposicionistas. O atual prefeito Antonio Carlos (PMDB) tem livre trânsito em quase todas as facções e já articula para ter o maior número de apoios à sua reeleição. O Partido Socialista Brasileiro tem nomes fortes como o da vereadora Rosane Almeida, mas vive momentos de crise por conta de divisões no seio do partido. “O PSB em Itabaiana está dividido entre Rosane, Lúcio Flávio e apoio a Antonio Carlos, sendo que o vereador Júnior Pacheco (PSB) trabalha para ser o vice do prefeito e outro grupo defende Rosane para esse cargo”, disse uma fonte do partido na cidade. Conforme essa mesma fonte, o Presidente do partido, Pedro José da Silva, e o vereador Ubiratan Correia tentam convencer o governador Ricardo Coutinho de que a melhor posição será de apoio à candidatura do médico Lúcio Flávio. Atento aos acontecimentos, e organizando seus partidários, José Sinval, filho da ex-prefeita Dida Moreira, é também nome cotado para herdar o cabedal de votos de sua genitora, para dar continuidade à dinastia política da família. O pai, Aglair da Silva, e a mãe já foram prefeitos da cidade. Tribuna do Vale

Biblioteca Pública de SALGADO está de cara nova!

A Prefeitura de Salgado e a Secretaria de Cultura tem se preocupado com a concepção do espaço da biblioteca Pública, que é uma das marcas do trabalho da Gestão de Adaurio Almeida. A reforma da Biblioteca Pública José Maria de Oliveira,localizado na rua José Silveira, centro, está concluída.Foram feitas acessibilidade na calçada,revisões das instalações elétricas e hidráulicas e colocado novo piso,portas e janelas e também uma linda pintura. Segundo a Secretária de Cultura,ela disse que o acervo da biblioteca já está organizado nas salas de leitura,funcionando das 07 ás 22 horas para a toda comunidade. A proposta é transformar o local num ambiente vivo, com atividades culturais voltadas para o incentivo à leitura. “Dessa forma, vamos fazer com que o Salgadense volte a visitar o espaço com um novo olhar”. E Concluiu dizendo, que a biblioteca pública está mais aconchegante e alegre para receber seus leitores, confira nas fotos abaixo como ficou o espaço recém-reformado. Falou a secretária de cultura de Salgado de São Félix, Patrícia Marsicano. Assessoria de Comunicações.









segunda-feira, 29 de junho de 2015

Internet só perde para TV. 37% usam internet diariamente revela pesquisa.

A "Pesquisa Brasileira de Mídia 2015" (PBM 2015), encomendada pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom), aponta que de cada 100 pessoas, 37 utilizam a internet todos os dias, contra apenas 7 que leem jornais diariamente. O estudo mostra também que quase a metade dos brasileiros, 48%, usa internet, enquanto apenas 21% dos brasileiros leem jornais ao menos uma vez por semana. Além disso, a PBM 2015 mostra que o brasileiro já gasta cinco horas do seu dia conectado à internet e que o percentual de pessoas que utilizam a internet todos os dias cresceu de 26% na PBM 2014 para 37% na PBM 2015.

A pesquisa foi encomendada pela Secom ao Ibope para compreender como o brasileiro se informa. O Ibope ouviu mais de 18 mil entrevistados.

Conforme a PBM 2015, a televisão segue como meio de comunicação predominante. De acordo com a pesquisa, 95% dos entrevistados afirmaram ver TV, sendo que 73% têm o hábito de assistir diariamente.

O rádio continua o segundo meio de comunicação mais utilizado pelos brasileiros, mas seu uso caiu na comparação entre a PBM 2014 para a PBM 2015 (de 61% para 55%). Em compensação, aumentou a quantidade de entrevistados que dizem ouvir rádio todos os dias, de 21% em 2014 para 30% em 2015.

Já o hábito de uso da internet se intensificou, segundo esta nova pesquisa, comparado ao resultado obtido na PBM 2014. Os usuários das novas mídias ficam conectados, em média, 4h59 por dia durante a semana e 4h24 nos finais de semana - na PBM 2014, os números eram 3h39 e 3h43 -, valores superiores aos obtidos pela televisão.

Em média, os brasileiros passam 4h31 por dia expostos ao televisor, de segunda a sexta-feira, e 4h14 nos finais de semana.

Mais do que as diferenças regionais, são a escolaridade e a idade dos entrevistados os fatores que impulsionam a frequência e a intensidade do uso da internet no Brasil. Entre os usuários com ensino superior, 72% acessam a internet todos os dias, com uma intensidade média diária de 5h41, de segunda a sexta-feira. Entre as pessoas com até a 4ª série, os números caem para 5% e 3h22. 65% dos jovens na faixa de 16 a 25 se conectam todos os dias, em média 5h51 durante a semana, contra 4% e 2h53 dos usuários com 65 anos ou mais.

O uso de aparelhos celulares como forma de acesso à internet já compete com o uso por meio de computadores ou notebooks, 66% e 71%, respectivamente. O uso de redes sociais influencia esse resultado. Entre os internautas, 92% estão conectados por meio de redes sociais, sendo as mais utilizadas o Facebook (83%), o Whatsapp (58%) e o Youtube (17%).

Televisão
O tempo de exposição à televisão sofre influência do gênero, da idade e da escolaridade. O televisor fica mais tempo ligado na casa das pessoas com até a 4ª série (4h47) do que no lar das pessoas com ensino superior (3h59). De segunda a sexta-feira, as mulheres (4h48) passam mais horas em frente à TV do que os homens (4h12). Os brasileiros de 16 a 25 anos (4h19) assistem cerca de uma hora a menos de televisão por dia da semana do que os mais velhos, acima dos 65 anos (5h16).

Jornais
Permaneceu estável, entre os dois levantamentos da PBM, o percentual de brasileiros que leem jornais ao menos uma vez por semana: 21%. Apenas 7% leem diariamente, sendo a segunda-feira o dia da semana mais mencionado pelos leitores (48%), e o sábado o menos mencionado (35%). Dentre esses leitores dos jornais, 15% com ensino superior e renda acima de cinco salários mínimos (R$ 3.620 ou mais) leem jornal todos os dias. Entre os leitores com até a 4ª série e renda menor que um salário mínimo (R$ 740), os números são 4% e 3%.

O uso de plataformas digitais de leitura de jornais ainda é baixo: 79% dos leitores afirmam fazê-lo mais na versão impressa, e 10% em versões digitais. Piauí, Ceará e Paraná são os estados com maior adesão às versões on-line dos periódicos, respectivamente, 39%, 25% e 22%. Amapá, Amazonas e Rio Grande do Sul, os estados com menor adesão, respectivamente, 2%, 3% e 3%.

Revistas
Encontrou-se um cenário semelhante ao dos jornais em relação às revistas: 13% dos brasileiros leem revistas durante a semana, número que cresce com o aumento da escolaridade e da renda dos entrevistados. As versões impressas (70%) são mais lidas do que as versões digitais (12%). Maranhão, Piauí e Ceará são os estados com maior adesão às versões on-line, respectivamente, 29%, 22% e 21%. Acre, Roraima e Paraíba, os estados com menor adesão, respectivamente, 0%, 3% e 3%.

CONFIRA OS NÚMEROS

95% veem TV
sendo que 73% têm o hábito de assistir diariamente

 55% escutam rádio
30% ouvem rádio todos os dias

48% usam internet
37% usam internet diariamente

21% leem jornais ao menos uma vez por semana
7% leem jornais diariamente

13% leem revistas
clique: click - pb

em MOGEIRO: Deputado diz que fazendeiros usam “capangas”

Um homem foi preso por porte ilegal de arma após denúncias de posseiros de uma propriedade rural da cidade de Mogeiro, no Agreste da Paraíba, a 110 km de João Pessoa. O deputado estadual Frei Anastácio (PT), em nota divulgada à imprensa, relatou que fazendeiros da região estariam contratando homens armados para ameaçar as famílias assentadas. A prisão do homem, que se disse vigia de uma fazenda, ocorreu na tarde desta segunda-feira (29). 

 De acordo com as polícias Militar e Civil de Itabaiana, que ficam responsáveis pelas ocorrências na região, cerca de 60 famílias invadiram uma propriedade após uma reintegração de posse por parte dos proprietários. Os assentados reivindicam a posse de parte da área rural. Os solicitantes fizeram a denúncia de que um carro fazia rondas nas proximidades com pessoas armadas. A PM fez diligências e não encontrou suspeitos.

Em seguida, o suposto vigia armado foi rendido pelo grupo, que informou a polícia. Ele foi conduzido à delegacia de Itabaiana, onde prestou depoimento, pagou fiança e foi liberado. Frei Anastácio relatou que as famílias estão muito apreensivas com a situação, temendo que os “capangas” retornem e ajam com violência. “É preciso que os policiais permaneçam na área para garantir a segurança das famílias”, disse o deputado, que está acompanhado por representantes da Comissão Pastoral da Terra. “Apesar de serem posseiras e terem direito à terra, a justiça paraibana concedeu ordem de despejo. Se o despejo for cumprido, muitas lavouras, a exemplo de feijão,macaxeira, maxixe, entre outras, serão destruídas. Uma pena isso acontecer num estado onde existe tanta gente precisando de alimento”,lamentou o deputado. P. Correio

Veja FPM de Itabaiana e Região - última parcela de junho 2015

Terceira parcela do FPM repassa R$ 62,5 milhões a municípios paraibanos... As cidades paraibanas recebem nesta terça-feira (30) a terceira parcela no mês de junho do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) no valor de R$ 62.531.157,50. Ao todo no mês, o valor recebido pelos 223 municípios em junho é de R$ 167.531.436. Para os meses de julho e agosto, a estimativa das cotas do repasse do FPM para as cidades paraibanas deverá ser de R$ 143.189.261 e R$ 178.986.577, respectivamente. Com esta última parcela de junho, João Pessoa recebeu ao todo no mês, R$ 22.015.509. Já Campina Grande é a segunda cidade que recebeu mais repasse, sendo R$ 5.480.252; Santa Rita recebeu R$ 2.690.120; Patos, R$ 2.391.217; Bayeux recebeu R$ 2.241.766. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) aponta que no comparativo com o terceiro decêndio do ano passado houve uma expansão de 28,35%. O cálculo é em termos reais, ou seja, leva em conta a inflação. No acumulado de 2015, o FPM totalizou R$ 44,685 bilhões. Já em 2014, o acumulado ficou em R$ 44,811 bilhões, representando uma queda de 0,28% em termos reais.








Na Paraíba: Políticos ficha-suja usa parentes.

Ex-prefeitos com problemas na Justiça têm esposas, filhos, irmãos e sobrinhos como trunfo. 

Em ano pré-eleitoral, políticos com fichas sujas se apresentam como pretensos candidatos a prefeito em 2016 em dezenas de municípios. Visitam eleitores, prometem e até fazem favores pessoais. 

Os favores vão da compra de remédios, à oferta de passagens de ônibus e vagas em hospitais de Campina Grande e João Pessoa para tratamento de saúde. Geralmente, eles conseguem essas vagas com ajuda de deputados estaduais. 

 Em ano de seca, os favores incluem até doação de água em carros-pipas. Nesta caso, quem mais lucra são prefeitos candidatos a reeleição. Muitos usam a distribuição de água como barganha eleitoral. Recentemente, a Rede Record de Televisão mostrou uma reportagem em uma cidade onde o prefeito só manda distribuir água para quem votou nele. O caso aconteceu em Montadas, perto de Campina Grande. Pré-candidatos à reeleição, o prefeito Jairo Herculano de Melo (PSB) nega, mas a reportagem mostrou uma lista que deveriam receber água da prefeitura. 

Os políticos fichas-sujas que querem o poder no interior da Paraíba sustentam ao máximo que serão candidatos a prefeitos. No momento da definição, quando terão que fazer os registros de suas candidaturas na Justiça Eleitoral, apresentam substitutos. Eles têm os parentes mais próximos como cartas na manga. 

 São irmãos, filhos, esposas e sobrinhos. Ou pessoas que trabalham para eles há anos mesmos. Já houve casos em que lideranças não podiam ser candidatos e apresentavam profissionais que trabalhavam para eles,como telefonistas, vaqueiros, motoristas, entre outros. Há casos em que uma mesma família se reversa no poder há mais de 30 anos. Jornal Correio da Paraíba (28/06/2015)

São Pedro em ITATUBA foi comemorado na noite deste domingo.







Ontem a praça Zacarias Dias de Araujo, em Itatuba, recebeu uma multidão para comemorar o São Pedro, com o show dos 3 do Nordeste. Estive presente e registrei algumas imagens da festa. Realmente um show...O município de Itatuba tradicionalmente realiza o melhor e um dos mais animados São Pedro do interior paraibano, que atrai forrozeiros de toda a região. É neste período também que conterrâneos itatubenses espalhados por outras cidades e estados reúnem as famílias para comemorar as festas juninas e se reencontraram.