terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Veja fotos do Carnaval 2016 em ITABAIANA-PB


Aqui estão algumas imagens da alegria do nosso carnaval. Ao nosso bloco CONCENTRA MAS NÃO SAI! Eita gota! Foi tudo de bom! Aos Blocos Banco dos Quebrados, Oz nada Faz, Arroxa o Nó, as VIRGENS, e outros, PARABÉNS... A gente fez o nosso Carnaval!!! 










-
clique aqui... veja fotos e vídeos do carnaval

sábado, 6 de fevereiro de 2016

Carnaval de iTABAIANA: é no bloco CONCENTRA MAS NãO SAI


Com o fim dos PAREDÕES... Já temos um novo bloco em ITABAIANA... CONCENTRA MAS NÃO SAI... Único bloco que está nas normas deste Carnaval de ITABAIANA... AQUI ninguém ultrapassa 0,1 miligramas de álcool por litro de ar... E  PAREDÃO, é a parede de casa. Responsável pelo bafômetro André Break... Concentração domingo, segunda e terça. Na rua Marieta Medeiros.
Abadás do Bloco esgotado!


sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Próxima quarta-feira (10) prefeituras da PB terão R$ 200 milhões.


O primeiro repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), creditado na próxima quarta-feira nas contas dos 223 municípios paraibanos, será de R$ 200.985.297,29. Em relação ao mesmo período do ano passado, o repasse deste ano registrou um aumento de R$ 3.664.542,18. Dos repasses registrados este ano, este será o maior. Em janeiro os municípios paraibanos receberam no primeiro decêndio R$ 83.675.655,36. No segundo, o valor foi de R$ 38.049.675,20 e, no terceiro, a quantia repassada para as prefeituras foi de R$ R$ 100.088.384,04. De acordo com a Confederação Nacional de Municípios (CNM), os primeiros repasses do ano refletem a baixa arrecadação realizada devido as fracas vendas de fim e início de ano. A Confederação acredita que tais repasses são um indício de que o fundo será profundamente prejudica do pela crise que se mantém no novo ano. Entretanto, a expectativa da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) é que nos próximos meses o fundo cresça nominalmente em relação ao mesmo período de 2015: 4,1% de crescimento em fevereiro e 5,7% em março.

Pedido de Ricardo para extinguir Aije do EMPREENDER é rejeitado

Na Aije, o Ministério Público menciona irregularidades apontadas pelo Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, com relação ao exercício 2012 – ano calendário de 2011. São apontadas falhas na fiscalização e gestão do programa; não funcionamento do Comitê Gestor; liberação de recursos independentemente da contra apresentação de despesas, bem como o descumprimento das exigências editalícias. Quanto aos empréstimos concedidos a pessoas físicas, houve a constatação de que essa modalidade não constava do edital e que, portanto, não houve a devida regulamentação em edital. 

O juiz Tércio Chaves, membro do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), indeferiu pedido de extinção da Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) do Empreender. O pedido foi feito pela defesa do governador Ricardo Coutinho (PSB), sob o argumento de que as provas colhidas pelo Ministério Público Eleitoral tiveram como base diversos procedimentos preparatórios instaurados pelo órgão em todo o Estado a fim de investigar as denúncias de irregularidades na execução do programa de transferência de renda. Para a defesa, tais procedimentos não servem como prova na esfera eleitoral. Foram oito procedimentos abertos pela Procuradoria Regional Eleitoral para apurar as condutas praticadas pelo governo do Estado nas eleições de 2014 relacionados ao evento 'Plenária de cultura'; distribuição de kit escolar com frase alusiva ao governo do Estado; nomeação e contratação de servidores; e utilização do programa de governo Empreender-PB. A ação foi proposta em dezembro de 2014 pelo Ministério Público Eleitoral. No tocante ao Programa Empreender, a investigação apontou a total falta de controle e de fiscalização, desde a aprovação dos empréstimos até a fase de acompanhamento do adimplemento contratual. Já com relação à quantidade de beneficiários, verificou-se que houve um aumento de cerca de 57,15% com relação ao ano de 2013. No ano eleitoral, de junho para julho o incremento foi de cerca de 63,14%. Em agosto, também de 2014, o número sofreu mais um acréscimo de cerca de 20,97%. Ainda de acordo com os dados, em setembro de 2014, o quantitativo beneficiado só perdeu, quando comparado com o ano de 2013, para o mês de dezembro. 

 No pedido de extinção do processo, Chaves, relator do caso, entendeu que não há nenhuma ilicitude nas provas colhidas pelo MP. O despacho do magistrado foi publicado ontem no Diário Eletrônico do (TRE). Na decisão, ele solicita que o Tribunal de Contas do Estado (TCE), o Tribunal de Contas da União (TCU) e a Controladoria Geral da União (CGU) apresentem, no prazo de 10 dias, a relação de três auditores para atuar no caso

em JURIPIRANGA: Comerciante é detido com carga de 5,5 mil cigarros.


Mais de 5,5 mil maços de cigarro contrabandeados foram apreendidos e uma pessoa foi detida, na tarde desta quinta-feira (4), dentro da casa de um comerciante do município de Juripiranga, na Zona da Mata paraibana, a 65 km de João Pessoa. De acordo com o tenente Weverson, da Polícia Militar, o serviço de inteligência da PM conseguiu informações sobre a carga e chegou ao local onde os cigarros estavam. “Quando chegamos na casa o comerciantes estava lá e assumiu que guardava os cigarros para vender na feira aqui do município. No total, foram 5.521 maços de cigarros apreendidos e encaminhados a delegacia”, afirmou o tenente. Na delegacia, o comerciante foi interrogado, mas não informou a procedência da carga. O comerciante foi liberado após pagar fiança.

Tenente da PM é morto em troca de tiros com criminosos em João Pessoa.

Vídeo mostra momento que o policial baleado é socorrido por companheiros e chega ao Trauminha de Mangabeira… Em nota emitida na noite de hoje a corporação lamentou profundamente a morte do companheiro e confirmou a prisão dos suspeitos pelo crime. Veja a nota: A Polícia Militar da Paraíba lamenta o falecimento do 1º Tenente PM Ulysses Costa, fato ocorrido nesta quinta-feira (04), por volta das 19h, no Conjunto Cidade Verde, mais precisamente numa área conhecida como Aratu. O Oficial e outros militares do Serviço de Inteligência estavam realizando levantamento geográfico, quando um desconhecido efetuou um disparo que atingiu as costas do Tenente Ulysses, que ainda chegou a ser socorrido. A Polícia Militar já deteve quatro suspeitos e apreendeu três armas de Fogo. As diligências continuarão. Cabe a nós ainda honrar nosso companheiro e apoiar sua família no que for preciso. Assim será. 

 O tenente Ulisses, do 5º Batalhão da Polícia Militar da Paraíba, morreu após ser baleado durante rondas que realizava no bairro Mangabeira, na Zona Sul de João Pessoa, no início da noite desta quinta-feira (4). Após o crime, quatro suspeitos de atirar no policial foram detidos. A PM não havia apurado como o fato teria ocorrido. Os disparos de arma de fogo teriam sido efetuados contra a viatura da polícia. Segundo levantamentos preliminares, o tenente teria sido atingido nas costas. Ele foi socorrido em estado grave para o Hospital Ortotrauma de Mangabeira e ainda chegou a ser atendido no bloco cirúrgico da unidade, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.

-

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

trá, trá, trá, trá, trá, trá, trá, trá, trá, trá... paredão... Tá LIBERADO!

O prefeito de Itabaiana Antônio Carlos, juntamente com diretores de blocos, estiveram na tarde desta quinta-feira (4) na SUDEMA em João Pessoa. Eles conseguiram a liberação de PAREDÕES para o Carnaval de Itabaiana. No início desta semana, O Ministério Público da Comarca de Itabaiana, determinou a proibição de paredões no carnaval da cidade. Com a aprovação da SUDEMA fica liberado os paredões, das 12 horas às 18 horas. Só é permito paredões dentro de blocos. (*manda quem pode, obedece quem tem juízo)

BLOCO BANCO DOS QUEBRADOS: 2 mini TRIO e 2 BANDAS.

PROGRAMAÇÃO: 

DOMINGO de Carnaval (07), o Bloco Banco dos Quebrados apresenta a abertura do carnaval com a Banda Ivan Classic Show, Orquestra de Frevo, concentração as 14 horas na sede do Bloco e saindo as 15 horas. O Bloco irá percorrer as principais rua da cidade de Itabaiana.

SEGUNDA de Carnaval (08), o Bloco Banco dos Quebrados irá se concentrar no Posto Fiscal as 14 horas e sairá as 15 horas, percorrendo as principais rua da cidade de Itabaiana, com as Bandas Pagode Pinga Pura e Orquestra de Frevo.

TERÇA de Carnaval (09), o Bloco Banco dos Quebrados irá se concentrar no Botafogo as 14 horas e sairá as 15 horas, percorrendo as principais rua da cidade de Itabaiana, com as Bandas; Claudiano & Geração é Massa e Orquestra de Frevo.
-









Polícia de Itabaiana realizou 'Operação' em Gurinhém.

A polícia de Itabaiana através dos delegados Hugo Helder e Hugo Lucena, realizou nesta manhã de quinta feira, a Operação Rescaldo, em cumprimento a um mandado de busca e apreensão por tráfico de drogas. Ao todo foram presas 5 pessoas, e 2 armas apreendidas. Todos residentes em Gurinhém. Foram presos: Edilane Carla da Silva, José Adriano Silva dos Santos, Adriano Soares da Silva, Josafá Joaquim de Oliveira e Abraão Lincoln da Silva. Segundo o delegado Hugo Helder, foram envolvidos 70 policiais na ação, e a operação continua até serem cumpridos todos os mandados de prisão. Marcos Adriano

TRE julga pedido de cassação de Ricardo Coutinho. (julgamento foi adiado)

Atualizado: RELATOR REJEITA AÇÃO, MAS PEDIDO DE VISTA ADIA JULGAMENTO QUE PEDE CASSAÇÃO DE RC NO TRE...

 Denúncias de abuso do poder político...  Duas ações que pedem a cassação do governador Ricardo Coutinho serão julgadas HOJE pelo Tribunal Regional Eleitoral. Os processos foram pautados pelo desembargador José Aurélio, que se afastou da relatoria às vésperas do julgamento. O novo relator é o juiz Tércio Chaves, que passou o dia de ontem estudando os processos. Ele garantiu que terá condições de julgar as ações, mesmo tendo assumido de última hora. O desembargador José Aurélio proferiu despacho determinando a redistribuição dos processos, tendo em vista que ele assumiu a presidência do TRE, em substituição ao desembargador João Alves, que entrou em gozo de férias. “Considerando o disposto no artigo 10 c/c artigo 29, parágrafo único do Regimento Interno deste tribunal, que veda o exercício simultâneo dos cargos de Corregedor Regional e Presidente, determino o encaminhamento dos autos à Secretaria Judiciária para fins de redistribuição ao decano”.

O decano é o juiz Tércio Chaves, que já foi corregedor do TRE e atuou nos processos contra o governador Ricardo Coutinho. Por esse motivo, ele disse estar preparado para proferir seu voto na sessão de hoje. “Se não acontecer qualquer incidente processual, eu as julgarei amanhã (hoje)”, disse o magistrado. Ele revelou que tirou todo o dia de ontem para estudar os processos. “Se bem que eu já conhecia o conteúdo quando ainda era corregedor e relator”. O juiz Tércio Chaves admite que poderá haver questionamento das partes antes do julgamento. Para o advogado Fábio Brito, que atua em favor do governador Ricardo Coutinho, a mudança do relator surpreendeu as partes. “O processo tramitou com um relator. Depois mudou a relatoria. Aí na sessão vai surpreender as partes com isso”, afirmou. Se a parte questionar a mudança de relatoria, o julgamento poderá ser adiado para depois do Carnaval.

Denúncias de abuso do poder político... 

Numa das ações, a coligação ‘A Vontade do Povo’, encabeçada pelo PSDB, acusa o governador Ricardo Coutinho de utilizar a máquina administrativa para capitalizar votos através de renúncia fiscal de ICMS, isenção ou redução de IPVA e taxas do Detran, que beneficiaram diretamente 221 mil eleitores, além de distribuir ingressos para jogos de futebol usando o programa Gol de Placa. O advogado da coligação, Antonio Dias, argumenta que a distribuição de benefícios teve potencial para desequilibrar o pleito considerando a diferença apertada de votos no resultado das eleições de 2014. “Somente com o caso das concessões fiscais, 221 mil eleitores foram beneficiados diretamente enquanto a diferença de votos que reelegeu o governador foi de apenas 100 mil. Isso prova que o uso de práticas vedadas pela lei eleitoral beneficiou o governador garantindo sua reeleição”.

A outra Aije acusa o governador de abuso de poder político por conceder benefícios e vantagens pecuniárias a policiais civis, militares e bombeiros; promover indiscriminadamente 585 policiais civis às vésperas da eleição, empregar o aparato policial em prol do projeto de reeleição e usar a polícia para tentar invadir o comitê de campanha do adversário, Cássio Cunha Lima, na véspera da eleição com o objetivo de causar embaraço político. Para o advogado Rinaldo Mouzalas, o uso da polícia na campanha política foi feito de forma absurda e extremamente acentuada às vésperas da eleição, principalmente, nas cidades do interior do Estado.

Advogados da Coligação A Vontade do Povo fazem explanação sobre as ações que pedem a cassação do governador da Paraiba. Nesta quinta-feira o TRE-PB inicia o julgamento.
-
 click: veja vídeo... as ações que pedem a cassação do governador da Paraiba